domingo, 20 de outubro de 2019
08/01/2016 00:00

Mudança no cálculo coloca Itajaí como a segunda cidade mais rica de Santa Catarina

Nova base de cálculo segue padrões internacionais para garantir comparação mais apurada entre economias

Itajaí retornou a segunda colocação no ranking das cidades mais ricas de Santa Catarina, realizado pelo IBGE. O novo cálculo apresenta a indústria da transformação como maior força em comparação às atividades portuárias, colocando novamente Joinville como o primeiro PIB do Estado. A prefeitura de Itajaí acredita que o município permaneceria em primeiro lugar caso a base de cálculos fosse mantida.

Entre 2012 e 2013, Itajaí cresceu 12,5%, mas o número não foi significativo para manter-se como principal economia de Santa Catarina. Os dados divulgados pelo IBGE correspondem ao ano de 2013, quando, de acordo com o instituto, a economia de Itajaí se manteve em crescimento, sem retrações.

O prefeito de Itajaí, Jandir Bellini, garante que o município é líder na geração de tributos federais em Santa Catarina. A queda no ranking não preocupa a autoridade, sendo que Bellini diz que nada é competição. “Nosso objetivo é fazer com que Itajaí continue crescendo assim como Santa Catarina”.

O novo balanço do IBGE apresenta Joinville com um PIB de R$ 21,9 bilhões; Itajaí de R$ 15,3 bilhões e Florianópolis vem logo a seguir, com R$ 14,6 bilhões.

O último ranking foi elaborado a partir de um novo cálculo, aperfeiçoado para seguir padrões internacionais recomendados por órgãos como a ONU, OCDE E Bando Mundial. A mudança serve para garantir uma comparação e calibragem mais apurada entre as economias. Na prática, itens antes considerados como despesa passaram a integrar investimentos.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt