quarta, 17 de outubro de 2018
15/01/2016 00:00

Complexo Portuário do Itajaí tem queda de 9% na movimentação de contêineres

Chuvas e perde de linhas são atribuídas à retração pela superintendência do complexo

O Complexo Portuário do Itajaí encerrou 2015 com queda de 9% no volume de contêineres operados. O volume de TEUs (unidade internacional equivalente a um contêiner de 20 pés) movimentado no exercício de 2015 foi de 983,76 mil TEUs, contra 1,09 milhão de TEUs, operado em 2014. Em unidades, no ano de referência o complexo movimentou 587,96 mil contêineres, volume inferior em 11% aos 657,4 mil contêineres operados no exercício anterior.

A superintendência do complexo lembra que no ano passado o cais comercial ficou com os berços 3 e 4 em obras de reforço e realinhamento. A retração de9% nas operações com contêineres (TEUs) e 11% na tonelagem, conforme a superintendência,  podem ser creditadas também às mudanças de linhas de navios e às fortes chuvas que provocaram o assoreamento do canal e bacia de evolução.

O fato de o complexo operar basicamente produtos acabados e de alto valor agregado, e não commodities, também impactou nos resultados. A conjuntura econômica externa desfavorável do ano também agravou a situação. As economias avançadas, mercados emergentes e economias em desenvolvimento tiveram sua previsão de crescimento do PIB reduzidas e os principais parceiros comerciais brasileiros, China e Estados Unidos, também apresentaram um menor dinamismo nas suas economias em 2015.

Com relação ao fluxo das cargas, no exercício de 2015 o Complexo do Itajaí acompanhou a evolução do comércio exterior catarinense e foi na contramão dos números da corrente de comércio brasileira e seguiu a tendência da catarinense no ano.

Embora tenha seguido a tendência da Corrente de Comércio Brasileira e apresentado pequena retração, em comparação ao ano anterior, Itajaí continou sendo em 2015 o porto brasileiro que apresentou o maior valor agregado nas cargas operadas.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt