terça, 26 de setembro de 2017
28/06/2017 16:22

Porto do Itaqui lança projeto de automação portuária com tecnologia TOS+

Meta é otimizar operações, reduzir custos e ampliar segurança e receitas

O Porto do Itaqui acaba de apresentar à comunidade portuária seu projeto de automação e otimização operacional. Em andamento desde janeiro, o projeto está sendo elaborado a partir da implantação da plataforma TOS+, desenvolvida pela Athenas Tecnologia em Logística. A Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), que administra o Porto do Itaqui, reuniu todas as empresas que atuam no porto organizado para apresentar os benefícios e avanços que a tecnologia trará aos processos portuários.

“Estamos saindo de um processo de gestão portuária da década de 1970, com formulários preenchidos à mão, para um sistema digital e automatizado. A meta é otimizar as operações no Porto de Itaqui, com redução de tempo e de recursos, ampliando a segurança nos acessos e gerando maior confiabilidade nos processos de movimentação de carga”, explica José Antonio Magalhães, diretor de Operações da EMAP.

Itaqui é um dos primeiros portos públicos do país a adquirir essa tecnologia, que abrange toda a gestão operacional de terminais portuários, desde o pedido de atracação até a emissão de relatórios de faturamento, cobrindo também toda a parte legal, já que o sistema é integrado com todos os portais necessários, como o da Receita Federal e Siscomex.

“A extensa atuação do Porto do Itaqui – composto por vários terminais, com diversos modais, como ferroviário, rodoviário, marítimo e cabotagem, além de operação com todos os tipos de carga, contêiner, granel sólido, granel líquido e carga geral – exige uma tecnologia robusta. O TOS+ inova ao contemplar todos estes itens, pois é um sistema modular, que se ajusta às diversas necessidades dos terminais”, afirma Marcos Barcellos, CEO e sócio da Athenas.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt