segunda, 18 de dezembro de 2017
04/09/2017 16:42

Exportação de madeira em Itapoá

Logística de importação e exportação será apresentada no Workshop FlorestaSC, organizado pela Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR), dia 05 de setembro, em Florianópolis

Santa Catarina é o maior exportador de móveis de madeira entre os estados do Brasil. Apenas em 2015 foram mais de US$ 190 milhões destes produtos, que deixaram o país através do estado. Compensados de pinus é outro produto de destaque na balança comercial catarinense, US$ 120 milhões exportados, também em 2015. No mesmo ano, 75% das exportações brasileiras de portas de madeira, e 44% do volume exportado de madeira serrada, saíram de Santa Catarina. Em painéis reconstituídos foram US$ 24 milhões exportados, em 2015. Praticamente todo o volume de molduras de madeira que o Brasil é produzido em Santa Catarina. 

Para explicar como funciona toda esta logística, o diretor comercial do Porto Itapoá, Roberto Pandolfo, é um dos convidados para o FlorestaSC. O Porto Itapoá é considerado um dos terminais mais ágeis e eficientes da América Latina e um dos maiores e mais importantes do país na movimentação de cargas conteinerizadas. É o principal terminal de exportação de produtos de madeira do Brasil. De administração privada, possui uma estrutura capaz de movimentar 500 mil TEUs por ano e já iniciou seu projeto de expansão que possibilitará a movimentação de 2 milhões de TEUs anualmente.

Localizado no litoral norte de Santa Catarina, o Porto Itapoá está posicionado entre as regiões mais produtivas do Brasil, contemplando importadores e exportadores dos mais diversos segmentos empresariais.

O diretor do Porto Itapoá irá fechar a programação do primeiro FlorestaSC, que acontece na tarde do dia 05 de setembro, terça-feira, na sede da FIESC em Florianópolis (SC).  




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt