sexta, 17 de agosto de 2018
10/05/2018 16:32

Rogério Pupo deixa o comando do Porto de Imbituba

Osny de Souza Filho é o novo gestor

Depois de seis anos frente a Presidência do Porto de Imbituba, o arquiteto Rogério Pupo Gonçalves deixou o cargo. O gestor respondeu pelo cargo desde que a administração do Porto de Imbituba foi delegada ao governo do Estado, em 2012. Desde que ele assumiu a Autoridade Portuária, há um crescimento acumulado de 118% na movimentação.

Entre as principais ações de Pupo enquanto gestor do porto de Imbituba estão a reestruturação do porto, reativação da Ferrovia Tereza Cristina – que liga Criciúma ao porto – e atração da linha de longo curso para a Ásia. Internamente, o complexo portuário também ganhou uma nova iluminação do cais, novo pavimento e sinalização das vias internas, duas novas balanças, gates reversíveis e um sistema de agendamento eletrônico para recebimento de caminhões.

Pupo deixa ainda seu legado na área social. Apoio a 94 projetos culturais e esportivos e, na gestão ambiental, desenvolveu 19 programas de monitoramento. Trabalho já foi reconhecido com oito prêmios ligados à responsabilidade socioambiental.

A mudança de diretoria do porto de Imbituba foi ratificada pelo Conselho de Administração da empresa hoje, 10, e o lugar de Rogério Pupo foi ocupado por Osny de Souza Filho. O diretor administrativo, comercial e financeiro, Marcelo Schlichting, foi substituído por Paulo César Dagostin. 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt