domingo, 25 de agosto de 2019
01/04/2019 09:07

Aplicativo lançado pela Epagri mapeia agronegócio catarinense

InfoAgro reúne dados da produção, preços, importação e exportação do setor. Expectativa é de que informações sirvam de subsídio para tomada de decisões

A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri/SC) lançou nesta sexta-feira (29) um aplicativo para smartphones que vai reunir informações sobre o agronegócio catarinense. Na prática, o InfoAgro concentra dados do setor de diversas fontes e facilita o acesso para produtores, empresários e poder público. A expectativa é de que o conteúdo do aplicativo sirva como subsídio para tomada de decisões, especialmente investimentos. 

A ferramenta integra diversos aspectos do setor agropecuário. Entre eles, informações sobre a produção vegetal e animal de Santa Catarina, além de uma ferramenta de consulta a preços dos produtos. O aplicativo também traz dados sobre exportação e importação, políticas públicas e valor bruto de cada produção. 

A base de informações é diversa. O aplicativo é alimentado por levantamentos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Centrais de Abastecimento do Estado de Santa Catarina (Ceasa), Ministério da Economia e Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca. 

"É uma ferramenta que possibilita tanto o uso do agricultor, através de preços, safras, insumos, como também do próprio governo, para dar subsídio para políticas, entender qual é a radiografia do agronegócio de Santa Catarina. Conhecer o setor ao qual trabalha, como é essa produção no seu município, na sua região, no Estado como um todo. [...] As tomadas de decisões são em cima da realidade posta. Então, conhecendo as cadeias produtivas, conhecendo a produção do Estado, as indústrias podem decidir por investir mais, ou investir menos", disse a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter. 

O InfoAgro está disponível para download gratuito em celulares Android. A partir da primeira semana de abril, a versão para iOS será disponibilizada, também de forma gratuita. A medida vai de encontro com a decisão do governo do Estado de fazer uma gestão sem papel. 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt