segunda, 19 de agosto de 2019
24/05/2019 15:18

Especialista afirma que economia vai levar dois anos para se recuperar

“Na economia não existe um botão que se aperta e “agora tudo vai melhorar”. Se espera que o ciclo econômico comece a reverter a sua curva num período de dois anos. Não é milagre, a economia brasileira diminuiu 8% (2014/2016) e gradativamente estamos nos recuperando”

O economista com especializações em Mercado de Capitais, Consultoria e Instrutoria empresarial e Contabilidade Gerencial, Carlos Emerson Raduenz, palestrou nesta quinta-feira, 24 de maio, na Associação Empresarial de Itajaí (ACII). O  evento integrou a programação do Feirão do Imposto 2019, que localmente está sendo promovido pelo Núcleo de Jovens Empreendedores (NJE).

Raduenz apresentou as previsões para a economia brasileira em 2019 e detalhou as principais variáveis que impactam a conjuntura econômica. Ainda provocou uma reflexão entre os empreendedores presentes sobre a necessidade de uma análise apurada das informações dos seus negócios, para que eles baseiem suas decisões com menos “achismos”.

Em linhas gerais, o economista defendeu que a economia vai demorar um certo período para demonstrar sinais reais de melhora. “Na economia não existe um botão que se aperta e “agora tudo vai melhorar”. Se espera que o ciclo econômico comece a reverter a sua curva num período de dois anos. Não é milagre, a economia brasileira diminuiu 8% (2014/2016) e gradativamente estamos nos recuperando”.

No evento, houve ainda palestra com o contador Willian Moraes, que explicou sobre o programa “SC Bem Mais Simples”, que desburocratiza a abertura de empresas reduzindo o prazo médio de abertura de quase 120 para cinco dias úteis. Moraes também abordou as tratativas da Reforma Tributária, principal bandeira do Feirão do Imposto 2019. Entretanto, tanto Moraes quanto Raduenz afirmaram que as sinalizações do Governo são de que o tema seja avaliado após a Reforma da Previdência.

“Dia D”

Integrando a programação do Feirão 2019, neste sábado, 25 de maio, acontece o “Dia D”, na Hercílio Luz, das 9 às 12 horas. Na ocasião, haverá exposição de produtos a fim de demonstrar os impostos embutidos, entre os itens que serão levados, está veículo 0 km, maquete de um empreendimento imobiliário, insumos de construção civil, os 02 carrinhos de supermercado com compras com um comparativo dos impostos, etc.

No local também haverá uma TV com impostômetro em tempo real, demonstrando o quanto já foi pago em impostos neste ano. E ainda, a tribuna “Voz Livre”, para que a população possa fazer suas colocações sobre o assunto.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt