segunda, 18 de novembro de 2019
06/06/2019 16:49

Governo do Estado fortalece ações para uso de fontes renováveis de energia em Santa Catarina

O anúncio foi feito durante o Fórum Regional de Geração Distribuída com Fontes Renováveis, realizado em Florianópolis entre esta quarta-feira, 5 e quinta, 6

Santa Catarina contribui de forma significativa na composição das fontes renováveis dentro do cenário nacional, tendo em sua matriz energética cerca de 70% de geração renovável. Dada a importância do uso destes recursos naturais, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável criou a Diretoria de Minas e Energia, que vai trazer ainda mais segurança energética e promover assim um ambiente favorável ao desenvolvimento econômico.

O anúncio foi feito durante o Fórum Regional de Geração Distribuída com Fontes Renováveis, realizado em Florianópolis entre esta quarta-feira, 5 e quinta, 6, com o apoio institucional do Governo do Estado. O secretário da SDS, Lucas Esmeraldino, ressaltou que o Programa SC + Energia, criado em 2015, passa a integrar as ações desta nova diretoria, o que leva fortalecimento das ações e uso de energias renováveis no Estado.

“O que demonstra a assertividade, a vontade e a seriedade que o Governo passa a tratar este segmento em Santa Catarina”, destacou. De acordo com Esmeraldino, o fortalecimento do SC+ Energia, aliado a outras ações da Secretaria, possibilitará ampliar sua rede de atendimento em todas as regiões do Estado.

“Temos também nossa equipe de outorga, compromissada com a seriedade deste processo e fazendo uma força-tarefa para dar uma resposta em 30 dias. Outra questão é a proximidade da Secretaria com as vinculadas, especialmente com o IMA e as questões de licenciamentos ambientais, o que vai fomentar ainda mais o desenvolvimento econômico do Estado”, completou o adjunto Amandio da Silva Junior, que representou o secretário da pasta no Fórum.

Criado há quatro anos, o SC + Energia, que tem o objetivo de acelerar e facilitar a tramitação dos processos de obras para energias renováveis, conta atualmente com cerca de 140 projetos somando aproximadamente 3,4 GW de potência nas fontes hidráulica, eólica, solar e biomassa no Estado.

Destaque para o Complexo Eólico Calmon, no município de mesmo nome, no Meio-Oeste do Estado, com 256 MW de potência.

“Assim como o SC+Energia, que já é um programa em andamento, outras ações serão implementadas junto à diretoria com o objetivo de endereçar as demandas do setor energético do Estado. Com a Diretoria poderemos ter um planejamento energético adequado e assim se preparar de forma antecipada às necessidades de desenvolvimento do Estado”, explica o diretor, Cristiano de Alencar.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt