segunda, 16 de setembro de 2019
16/08/2019 09:16

Agronegócio do Brasil soma US$9,2 bi em exportações em julho, queda de 3,4%

A safra 2019/20 de milho do Brasil deverá ser a maior da história, com 101,91 milhões de toneladas

As exportações do agronegócio do Brasil somaram 9,2 bilhões de dólares em julho, uma retração de 3,4% ante igual período do ano passado, após quedas em preços de commodities comercializadas pelo país, informou nesta quarta-feira o Ministério da Agricultura.

Segundo nota da pasta, a redução nas cotações da soja, principal produto de exportação do Brasil, foi o fator mais importante para o recuo das receitas com as vendas em julho.

Dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) apontam embarques de 7,8 milhões de toneladas da oleaginosa no mês, ante mais de 10 milhões no mesmo período de 2018, uma redução de 23%. Em valores, a queda foi de 31,6%, para 2,8 bilhões de dólares.

Por outro lado, parte das perdas com a soja foram compensadas pelo milho, que bateu recorde de exportações no mês tanto em volume quanto em valor, conforme antecipou a Reuters.

Os embarques de 6,32 milhões de toneladas geraram uma divisa de 1,13 bilhão de dólares. A safra 2019/20 de milho do Brasil deverá ser a maior da história.

Entre os produtos com desempenho favorável na balança de julho, o ministério também destacou o café, que registrou alta de mais de 100% nos embarques em meio a uma crise de baixos preços no mercado internacional, e o algodão.

O saldo da balança comercial do setor totalizou cerca de 8 bilhões de dólares no mês.

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt