sábado, 07 de dezembro de 2019
05/11/2019 11:28

IBGE vai contratar 7,7 mil pessoas em SC para o Censo Demográfico

Baixa desocupação no Estado dificulta o preenchimento das vagas. Edital com a maior parte das vagas será lançado em fevereiro

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em Santa Catarina finalizou nesta segunda-feira (4) uma série de 295 reuniões - uma por cidade - preparatórias ao Censo Demográfico 2020. O último encontro aconteceu na Câmara de Vereadores de Florianópolis e serviu para integrar agentes públicos, órgãos e instituições, como a PM, no planejamento do trabalho. 

A previsão do IBGE é que sejam contratadas ao todo 7,7 mil pessoas no Estado. A maioria são recenseadores, mas também haverá vagas para coordenadores e supervisores. O processo seletivo já começou, mas a maior parte das vagas será ofertada em edital lançado em fevereiro.

Segundo o coordenador operacional do Censo em Santa Catarina, Fabiano Rodolfo, existe uma preocupação no chamamento de pessoas no Estado. Santa Catarina possui um dos menores índices de desocupação do país, e isso dificulta a atração de trabalhadores temporários. 

"O Censo, num país como o Brasil é uma operação bastante grandiosa, e que envolve um grande contingente de pessoas. Diferentemente de outras pesquisas do IBGE, no Censo, nós iremos a todos os domicílios", disse. 

O Censo acontecerá de agosto a outubro. Os primeiros meses de 2020 terão cursos de formação e treinamento. A expectativa do IBGE é de que sejam recenseadas 2,5 milhões de residências no Estado. 

Experimento

O IBGE está realizando um projeto piloto em Ermo, no Sul do Estado, para avaliar possíveis erros e falhas operacionais. "A gente está tendo a oportunidade de fazer o Censo experimental com coleta em outubro e novembro. É um grande ensaio geral. O processo completo está sendo feito em Poços de Caldas [Minas Gerais] e aqui em Santa Catarina nós estamos terminando o Censo em Ermo", disse a coordenadora técnica do Censo, Andrea Barbosa. O município tem pouco mais de 2 mil habitantes. 

"A gente verifica como o questionário está sendo entendido pela população, quanto tempo a gente está gastando para fazer essas perguntas, e o nosso sistema gerencial de coleta", afirmou.

Brasil

No país, serão 250 mil pessoas contratadas. A estimativa do Instituto é de recensear 71 milhões de domicílios. Os dados preliminares serão apresentados em dezembro, e os dados finais e análises entre o segundo semestre de 2021 e o início de 2023.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt