sábado, 04 de abril de 2020
22/01/2020 08:00

Venda de 10% da TAG deve render mais de R$ 3,35 bilhões à Petrobras


A Petrobras espera obter mais de R$ 3,35 bilhões com a venda de sua fatia remanescente de 10% na Transportadora Associada de Gás (TAG). A expectativa da estatal é que o negócio seja fechado, proporcionalmente, “com prêmio” em relação ao valor pago pela francesa Engie e o fundo de pensão canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ) pelos 90% da TAG, no ano passado.

Em dezembro, o diretor de relações institucionais da Petrobras, Roberto Ardhenguy, disse que o preço da fatia residual de 10% da petroleira na TAG não será, portanto, proporcional aos R$ 33,5 bilhões pagos por 90% das ações, em junho de 2019.

Petrobras vai perder direitos no próximo leilão do pré-sal
“Quando você quer adquirir o controle total, você tem de pagar mais”, ele afirmou na ocasião.
As atuais sócias da Petrobras na TAG — a Engie e o CDPQ — são os candidatos naturais à compra dos 10% da transportadora.

A francesa informou, em dezembro, que ela e o fundo canadense têm interesse no negócio. De acordo com a Engie, como parte do acordo de acionistas, ela e o CDPQ terão o direito de preferência em relação à oferta. A Petrobras anunciou, na última sexta-feira, o início da fase não vinculante referente à venda dos 10% que ainda detém na TAG. Com informações do Valor




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt