terça, 04 de agosto de 2020
21/02/2020 09:26

Consumo aparente de aço sobe 9,8% em janeiro, aponta a Aço Brasil

As vendas internas subiram 7,2% em janeiro no comparativo com o primeiro mês de 2019, chegando a 1,5 milhão de toneladas

O consumo aparente de aço em janeiro foi de 1,8 milhão de toneladas, uma alta de 9,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (20) pelo Instituto Aço Brasil, entidade que reúne as siderúrgicas brasileiras.

O bom desempenho do início do ano se refletiu também na produção de aço bruto. Em janeiro, foram produzidas 2,7 milhões de toneladas, alta de 11,1%.

De acordo com os dados, as vendas internas subiram 7,2% em janeiro no comparativo com o primeiro mês de 2019, chegando a 1,5 milhão de toneladas.
Já as exportações caíram 30,4% no mês passado, para 1,1 milhão de toneladas. Em valores, o recuo foi de 44,5%. Os embarques somaram US$ 529 milhões em janeiro.

O presidente executivo do Aço Brasil, Marco Polo de Mello Lopes, disse, em vídeo, que apesar do bom desempenho no primeiro mês do ano, a indústria do aço continua na expectativa que o mercado interno retome a atividade de forma “sustentável”. “Hoje, trabalhamos com uma utilização da capacidade em torno de 62%”, disse o dirigente. Uma operação ideal é em torno de 20% de ociosidade. Com informações do Valor




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt