terça, 04 de agosto de 2020
08/06/2020 15:44

Dólar cai para baixo de R$ 4,90 com otimismo sobre recuperação econômica

Moedas emergentes se valorizam conforme investidores reduzem posições defensivas

O dólar voltou a cair frente ao real, nesta segunda-feira, 8, em linha com a desvalorização da moeda americana nas principais economias emergentes. O movimento é impulsionado pela expectativa de recuperação econômica no mundo, que tem feito investidores diminuírem posições em ativos defensivos. Às 15h, o dólar comercial caía 2,1% e era vendido por 4,886 reais, enquanto o dólar turismo, com menor liquidez, recuava 1,9%, cotado a 5,14 reais.

Na última semana, os dados de desemprego americanos apontaram para o crescimento do mercado de trabalho em maio, reforçando a perspectiva de que o pior cenário econômico já ficou para trás. Na sexta-feira, o Departamento de Trabalho dos Estados Unidos apresentou 2,5 milhões de novos empregos, ante a expectativa de perda de 8 milhões de postos de trabalho no mês.

“Os sinais primários de retomada de suas atividades econômicas provocam o relaxamento defensivo ante os riscos”, afirmou, em relatório, Sidnei Nehme, economista e diretor executivo da NGO. Segundo ele, o Brasil é uma oportunidade “com prazo de validade” até que o real se valorize.

No radar dos investidores também está o acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (OPEP+), que prorrogou o corte de produção para até o final de julho. A decisão é favorável para moedas atreladas a commodities, como o real e o rublo russo – as que mais se valorizam entre os pares emergentes.

Na semana passada, o dólar se desvalorizou 6,6% frente ao real, encerrando o pregão de sexta-feira abaixo dos 5 reais pela primeira desde março.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt