sexta, 12 de abril de 2024
15/05/2023 15:23

Refrigerantes produzidos em Santa Catarina embarcam para o Japão

Esta é a quinta vez que a Max Wilhelm exporta os sabores guaraná e tubaína para o outro lado do mundo

Produzidos em Blumenau (SC), com sabores tipicamente brasileiros, o Max Guaraná e a Max Tubaína poderão ser aproveitados por consumidores do outro lado do mundo mais uma vez. Na última semana, a Max Wilhelm embarcou pela quinta vez uma carga dos produtos para o mercado do Japão. As investidas da marca nos países asiáticos já incluíram também exportações para a China. 

A primeira exportação para o Japão aconteceu em 2020. O Max Guaraná foi escolhido entre diversas marcas apresentadas aos japoneses por um agente de comércio exterior. Os rótulos são traduzidos especialmente para esta ação.

Para o diretor executivo da marca, Otávio Greuel, a Max vive um momento muito importante. “Enfrentamos cenários bastante desafiadores nos últimos anos e, em 2023, passamos a retomar alguns projetos que alavancarão a marca para outro patamar. A exportação é um deles, assim como a diversificação no mix de produtos e a modernização da gestão”, diz. 

Sobre a Max Wilhelm

Uma das primeiras marcas de refrigerante do país, a Max Wilhelm completa 100 anos em 2025. Com a laranjinha entre os seus produtos mais tradicionais, a companhia produz também outros sabores de refrigerante, além de águas tônicas, energéticos e outras bebidas alcoólicas. Está à venda em mais de dois mil pontos de vendas em Santa Catarina e no Paraná.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt