domingo, 23 de junho de 2024
19/03/2024 18:22

Sindicarne reelege diretoria para gestão 2024/2027


Preservar o status sanitário da cadeia da proteína animal catarinense, conquistado ao longo dos mais de 40 anos de trabalho, e contribuir para que o setor tenha um crescimento orgânico. Com essa visão prioritária foi reeleita e empossada, neste mês, a diretoria do Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados no Estado de Santa Catarina (Sindicarne). Durante Assembleia Geral Ordinária, realizada na sede da entidade em Florianópolis, também ocorreu a apresentação da prestação de contas e do orçamento anual.
Permanecem na diretoria executiva da entidade para o quadriênio 2024/2027 o presidente José Antônio Ribas Junior, o vice-presidente financeiro (tesoureiro) Claudio Almeida Faria e o secretário Dilvo Casagranda. Integram o Conselho Fiscal os membros efetivos: Irani Pamplona Peters, Ronaldo Kobarg Muller, Fábio Stumpf e Helena Romeiro de Araújo. Fazem parte da Delegação Federativa: José Antônio Ribas Junior e Neivor Canton.
De acordo com Ribas Junior, os motivos que o incentivam a permanecer à frente da entidade por mais um quadriênio são a confiança e a colaboração de todo o setor com o desenvolvimento do território catarinense, que possui uma produção agroindustrial de excelência. “Santa Catarina é um estado rico com a distinção na produção de proteína de aves e suínos, liderança em exportações, detém as melhores certificações de boas práticas e atendem os melhores mercados mundiais. Esses indicadores nos impulsionam a assegurar as conquistas que tornam toda cadeia produtiva mais competitiva e dinâmica”, enfatiza.
Ao analisar o cenário atual do setor, Ribas Junior afirma que entre os desafios que serão enfrentados pelo Sindicarne estão o desenvolvimento de um projeto logístico multimodal para o abastecimento de grãos; o incentivo da integração e incorporação pelas agroindústrias dos cultivares de inverno na formulação de rações e a elaboração de projetos de sanidade em conjunto com o Estado, a exemplo do controle de animais asselvajados.
“O Sindicarne também promoverá, por meio de programas educativos, a conscientização sobre a qualidade da proteína animal de Santa Catarina, com a intenção de incrementar o consumo per capita anual. Outras metas referem-se à implementação de numerosas fontes de geração de energia alternativas à elétrica e o auxílio na modernização dos processos de controle sanitário pelo Estado, como novos postos de fiscalização, sistemas de câmeras em rodovias, dentre outros”, destaca Ribas Junior.
CONHEÇA O SINDICARNE
O Sindicato tem representação patronal e é constituído para fins de estudos, coordenação, proteção e representação legal da categoria econômica de carnes e derivados em Santa Catarina. Sua função é representar os interesses da categoria e dos associados.
O gerente executivo do Sindicarne, Jorge Luiz de Lima, explica que a missão da entidade está voltada a colaborar com os poderes públicos no desenvolvimento da atividade agroindustrial de Santa Catarina.
 
Foto  – José Antônio Ribas Junior é reeleito presidente do Sindicarne (Foto: arquivo). 



Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt