28/11/2008

Catarinense Tuper compra a Vanzin


A Tuper S/A, de São Bento do Sul (SC), assinou memorando de intenção de compra de 100% do capital da Vanzin Automotive, com sede em Xanxerê (SC). Com essa aquisição, a Tuper, que atua com a marca Sicap no mercado de reposição de escapamentos automotivos, fortalece a presença no segmento. O valor envolvido no negócio não foi revelado. Em 2008 todas as unidades de negócios da Tuper deverão atingir um faturamento de R$ 770 milhões, o que representa um crescimento de 45% sobre os R$ 530 milhões de vendas registradas no ano passado. A Tuper tem 4 unidades de negócios com 1.100 profissionais. Além da Sicap Escapamentos e Acessórios, do segmento de reposição, atende o mercado OEM através da Eberspächer Tuper, joint venture entre a empresa e a alemã Eberspächer. Essa unidade é responsável por 46% do mercado nacional de exaustão para veículos pesados (tem peças também para carros). Integram ainda a Tuper as unidades Tubos e Componentes Especiais, uma das maiores fabricantes de tubos de aço do país, e a Soluções Construtivas. A Tuper irá manter as duas marcas, Sicap e Vanzin, no mercado. O gerenciamento delas continuará sendo executado de forma independente para atender plenamente ao potencial do mercado. As unidades da Vanzin em Xanxerê, Curitiba e São Roque (SP), onde trabalham 484 funcionários, serão mantidas pela Tuper. A Vanzin fabrica escapamentos para o mercado de reposição, sistemas de exaustão e peças para a indústria automotiva, com clientes no Brasil e demais países da América Latina. A negociação também envolve a Vanfix Plásticos, que atua com injeção plástica de peças técnicas e utilidades domésticas, e a Transpeças, responsável pela distribuição dos produtos. Seu faturamento em 2007 foi de R$ 72 milhões. Segundo o presidente da Tuper, a incorporação da Vanzin ao mix de produtos da empresa integra ao o plano de crescimento. "Teremos ganhos importantes em eficiência e agilidade. Poderemos ampliar o atendimento ao mercado com soluções inovadoras e atrativas", destaca Frank Bollmann. Fonte: Gazeta Mercantil


Publicidade

Últimas Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt