sábado, 16 de outubro de 2021
09/12/2020 16:26

Produção industrial: Santa Catarina registra maior alta do país em outubro


Santa Catarina apresentou um crescimento de 7,6% na produção industrial de outubro, quando comparado ao mesmo período do ano passado. O desempenho representa a maior alta entre os 15 locais pesquisados e está bem acima da média nacional de 0,3%. Os dados da Pesquisa Industrial Mensal foram divulgados nesta quarta-feira, 9, pelo IBGE.

Os números evidenciam o crescimento econômico do estado frente à pandemia, como destaca o governador Carlos Moisés. “Desde o início do enfrentamento à Covid-19 em Santa Catarina, foram estabelecidos protocolos sanitários para que a indústria não parasse. Graças aos esforços do Governo do Estado, com o apoio do setor industrial e da população, continuamos gerando renda e oportunidades às famílias catarinenses”, reforça.

Depois de Santa Catarina, os estados de Pernambuco (7,2%) e Ceará (6,1%) apresentaram os maiores avanços. Amazonas (5,2%), Pará (4,9%), Paraná (4,8%), Rio Grande do Sul (2,6%), São Paulo (2,1%) e Minas Gerais (1,4%) completaram o conjunto de locais com crescimento na produção.

“O ano tem sido desafiador, mas Santa Catarina é um estado diferenciado, com uma economia competitiva e diversificada que se destaca no cenário nacional. A produção industrial está aquecida e, mesmo em um ano de pandemia, já temos números melhores que o mesmo período do ano passado. Isto demonstra a confiança do empreendedor nas ações do Estado que investe e aposta na retomada econômica”, avalia o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Celso Albuquerque.

Na comparação entre setembro e outubro deste ano, Santa Catarina também se destacou com um crescimento de 2,8%, superior à média nacional (1,1%). Oito dos 15 locais pesquisados tiveram aumento na produção industrial, na série com ajuste sazonal. Além do estado catarinense, tiveram destaque o Paraná (3,4%), Pernambuco (2,9%) e Região Nordeste (1,7%).




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt