sábado, 16 de outubro de 2021
11/12/2020 08:43

Catarinenses devem gastar 8,5% a menos neste Natal


Os consumidores de Santa Catarina deverão gastar, em média, R$ 451,77 neste Natal. O valor representa uma redução de 8,5% em relação a 2019. Os dados são de uma pesquisa divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de SC (Fecomércio/SC) nesta quarta-feira (9). 

Segundo a entidade, os gastos de Natal são influenciados pela queda do poder de compra dos catarinenses. Mais de um terço (34,8%) dos consumidores relatou que sua situação financeira piorou em relação ao ano passado. Já 40,4% disseram que ela permanece a mesma, e para 23,9%, a situação melhorou.

O momento financeiro também interfere na forma de pagamento dos presentes. Buscando não contraírem dívidas, mais da metade (52,8%) dos catarinenses pretendem pagar as compras à vista e em dinheiro. As outras modalidades mais utilizadas serão o parcelamento pelo cartão de crédito (17,7%) e o cartão de débito (15,6%).

Além do valor e do método de pagamento, outro comportamento do consumidor também sugere que o catarinense está disposto a economizar neste Natal: 79,3% deverá realizar pesquisa de preços antes de comprar os presentes.


 

Preferências

Seguindo o padrão das outras datas comemorativas em 2020, o percentual de catarinenses que devem comprar pela internet no Natal praticamente triplicou, passando de 5,4% para 15,8%. Apesar desse crescimento, os locais de compras preferidos continuam sendo o comércio de rua (58,6%) e os shoppings centers (19,1%).

Neste ano, a maioria dos consumidores (51,7%) deve comprar presentes do setor de vestuário. Na sequência aparecem brinquedos (13,6%), calçados (8%) e produtos cosméticos e de perfumaria (8%).

A pesquisa também mostrou que cresceu o número de catarinenses que não devem realizar viagens neste fim de ano, passando de 62,3% para 77%. Entre os que pretendem viajar, a maioria não deve sair do Estado (58%). Já fora de Santa Catarina, os principais destinos são o Rio Grande do Sul (14%) e o Paraná (10%).




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt