sexta, 18 de junho de 2021
29/04/2021 17:00

Governo de Pernambuco consolida a instalação de um hub de veículos importados no Porto de Suape

Infraestrutura, incentivos fiscais e integração dos modais foram os diferenciais para Pernambuco atrair a empresa catarinense

Pernambuco avança para se transformar em um grande hub de veículos importados para todo o País. O governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (29/4), o protocolo de intenções com o Grupo Ascensus, especializado em logística multimodal. A partir de julho, a empresa catarinense utilizará a estrutura do porto para importar seis mil veículos por mês. O projeto vai dobrar a movimentação anual de automóveis em Suape, que ocupa a posição de líder no Norte/Nordeste. A proposta eleva a importância de integração e consolidação da cadeia produtiva e da economia pernambucana. Participaram do ato o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio; o diretor-presidente de Suape, Roberto Gusmão; e o deputado federal Fernando Monteiro.


“Essa é nossa meta, nosso objetivo, que é transformar Pernambuco em um grande polo logístico, com condições de atender demandas de todo o Nordeste. Para isso, estamos trabalhando sempre com um olhar estratégico, incentivando a chegada de novas empresas e indústrias, para diversificar a infraestrutura, tornando o nosso Estado cada vez mais atrativo para os grandes investimentos”, destacou Paulo Câmara.


Suape foi escolhido para receber a operação por oferecer condições favoráveis de logística e infraestrutura, incentivos fiscais e integração com o modal marítimo, facilitando a distribuição para todo o Brasil. O porto tem três pátios públicos destinados ao armazenamento de veículos, que somam 227 mil metros quadrados de área e capacidade anual para 250 mil carros. Atualmente, Suape exporta veículos das montadoras Fiat e Jeep, e importa da GM, Toyota e Nissan, totalizando 39.922 unidades, em 2020.

 
No documento assinado, a Ascensus se compromete a implantar a unidade de negócios até dezembro deste ano. Com a instalação do hub, Suape se consolida em todos os modais comerciais, de importação, exportação e transbordo de veículos, e constrói a trilha rumo à otimização da capacidade plena do setor automotivo no Complexo. O porto é, também, líder nacional na movimentação por cabotagem.

 
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio, destacou que parcerias como essa colocam o Estado no mapa de estratégias logísticas globais. “O setor automotivo é bastante relevante no plano de desenvolvimento econômico de Pernambuco, e já tem seu protagonismo na nossa estrutura de produção e de geração de empregos. Implantamos um polo do segmento no Estado, que emprega hoje mais de 10 mil pessoas e já colocou a atividade como protagonista do nosso PIB industrial e nas primeiras posições da nossa pauta exportadora”, ressaltou.


Para Roberto Gusmão, diretor-presidente de Suape, a prospecção de novos negócios tem resultado em atração de grandes empresas. “O nosso porto conta com diferenciais que nenhum outro tem, como localização privilegiada, profundidade e ótima estrutura. Isso nos dá a capacidade para ser hub de muitas cargas. Já somos o maior distribuidor de granéis líquidos, na parte de combustível, e com essa nova operação caminhamos para nos consolidarmos como hub de veículos para todo o País”, comentou.

Sobre a Ascensus – Empresa sediada em Joinville, Santa Catarina, com expertise em importação, distribuição e exportação de produtos. Oferece uma infraestrutura interconectada a modais de transporte que proporciona facilidades logísticas integradas.

Sobre Suape - Fundado há 42 anos no Litoral Sul de Pernambuco, entre os municípios de Ipojuca e Cabo de Santos Agostinho, o Complexo Industrial Portuário de Suape é considerado a âncora e a locomotiva do desenvolvimento do Estado, atraindo grandes empreendimentos em suas cadeias produtivas. Situado a apenas 40 quilômetros do Recife e instalado em uma área de 13,5 mil hectares, é um complexo que conta com 150 empresas instaladas e em implantação. Ainda contempla uma grande área de preservação ecológica, que representa 59% do território, reafirmando o compromisso da empresa com uma agenda verde e sustentável, aliando o desenvolvimento econômico com a proteção do meio ambiente. Em 2020, o porto movimentou o total de 25,6 milhões de toneladas de cargas, alcançando o recorde histórico e o quarto lugar no país no ranking da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

 

Fotos: Aluisio Moreira/SEI




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt