segunda, 22 de julho de 2024
19/07/2024 16:15

Consultorias do SENAI geram melhoria média da produtividade industrial de 34%

Instituto de Excelência Operacional prestou mais de 100 mil horas de consultoria em dez anos de atividades

“Ajudamos a indústria a fazer mais com menos”, afirmou o coordenador Rodrigo Zoppei (foto Filipe Scotti)


Florianópolis, 19.7.2024 – Em dez anos de atuação, o Instituto SENAI de Tecnologia em Excelência Operacional já prestou mais de 100 mil horas de consultoria em melhoria de processos, com ampliação média de produtividade de 34%. A informação foi prestada pelo coordenador do instituto, Rodrigo Zoppei, nesta sexta (19), durante reunião de diretoria da FIESC. Segundo ele, entre 2014 e 2023, foram atendidas mais de três mil indústrias.

“Ajudamos a indústria a fazer mais com menos”, explicou Zoppei, aos empresários. Neste sentido, segundo ele, o instituto atua em eficiência de gestão e produção, qualidade, sustentabilidade - ESG, simulação computacional e indústria 4.0. “Nossas consultorias tornam a indústria mais eficiente, produtiva e preparada para o que o mercado exige: automatização e responsabilidade social e ambiental, sem deixar de lado a qualidade”, completou.

Cases bem-sucedidos
Zoppei apresentou cases de consultorias que exemplificam os trabalhos realizados pelo instituto. Uma experiência foi com uma indústria de instalações comerciais do Oeste do estado, que contratou o serviço de eficiência operacional com lean manufacturing, para aumento de produtividade e adequação de prazos de entrega e obteve elevação da produtividade em 30% na planta. “Além disso, por meio de simulação computacional, ajudamos a empresa a desenhar o layout de suas linhas de produção do novo parque fabril”, explicou Zoppei.

Para uma agroindústria do Meio Oeste, foi prestada consultoria em ESG (ambiental, social e gerencial), com a elaboração da matriz de materialidade e entrega de planos de ação para confecção do futuro Relatório de Sustentabilidade.

Outro exemplo apresentado é o de uma facção do Meio Vale, que, a partir das consultorias do Instituto SENAI obteve resultados como aumento de produtividade em 28,35%, com payback do investimento em 1,25 mês; melhoria da qualidade em 67,9% e redução da movimentação em 40,42%. Para isso, a empresa aperfeiçoou seus processos com um sistema de gerenciamento diário da produção, acompanhamento e redução do retrabalho na costura e redução de movimentação com mais tempo dedicado a atividades que agregam valor.

Segundo o coordenador, o Instituto vai lançar um modelo de consultoria para transformação digital, com base em experiências internacionais bem-sucedidas.

O presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, destacou a importância do trabalho do Instituto, contribuindo para a melhoria da produtividade da indústria catarinense.

Rede SENAI de Inovação e de Tecnologia

O SENAI possui, em todo o país, uma rede de 27 institutos de inovação (sendo três deles em SC) e 62 de tecnologia, dos quais sete no estado catarinense. A atuação desses institutos está focada em pesquisa aplicada, desenvolvimento e inovação, consultorias e testes e ensaios metrológicos acreditados para aprimorar e desenvolver processos e produtos industriais. Clique nos links para saber mais sobre:

Rede SENAI de Inovação e Tecnologia em Santa Catarina 
 
Institutos SENAI de Inovação no Brasil
 
Institutos SENAI de Tecnologia no Brasil
 
Plataforma de Inovação na Indústria
Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC
Gerência Executiva de Comunicação Institucional e Relações Públicas - Gecor
 

 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt