terça, 04 de agosto de 2020
17/06/2020 12:49

Hamburg Süd celebra 150 anos da marca e leva arte alemã ao mundo

Com o objetivo de promover uma reflexão sobre solidariedade e interligação global, a transportadora marítima levará arte a quase todos os continentes

No último sábado, chegou ao Brasil, no Porto de Santos, um contêiner pintado à mão pela artista alemã Jeannine Platz. A obra foi produzida a pedido da Hamburg Süd em comemoração aos 150 anos da marca e visa reforçar a importância da logística e do transporte marítimo na criação de conexões entre as nações, fomentando economias e trocas entre povos.

O primeiro embarque da obra foi realizado no navio CAP San Maleas, no Porto de Hamburgo, Alemanha, e atracou no terminal Tecon Santos, espaço operado pela Santos Brasil.

“Por conta do coronavírus, quase todas as fronteiras desse planeta estão fechadas pela primeira vez. O tráfego aéreo intercontinental praticamente parou. Como resultado, o mar está novamente se tornando o que era antes: a única conexão entre os continentes para as pessoas interagirem e trocarem coisas”, diz Jeannine Platz, responsável pela pintura.

A artista cuja fama se estende além das fronteiras de Hamburgo levou apenas quatro dias para transformar o contêiner de 40 pés da Hamburg Süd em uma grande obra de arte que mede aproximadamente 12 x 2,5 metros.

O contêiner, que transitará pelos principais continentes do mundo, chega ao Brasil abastecido de carga consolidada dos clientes da Allink, tendo como propósito homenagear a história da navegação, em que no início, as mercadorias eram transportadas em pequenas parcelas. Para destacar uma nova era das empresas de navegação que hoje atuam como integradores logísticos globais, o contêiner viajará pelas estradas brasileiras pelo transporte multimodal e posteriormente seguirá para o continente norte-americano.  

O transporte terrestre será realizado por meio de uma cadeia completa de modais da Aliança Navegação e Logística, empresa brasileira pertencente ao mesmo grupo. Após abastecido, o contêiner retornará para o Porto de Santos e seguirá para o norte do continente até a costa leste dos EUA. 

O projeto será transportado ao redor do mundo, passando pelos principais continentes. Em sua programação de trechos, inclui-se a passagem pelo canal do Panamá seguido de Peru ou Chile, de lá será enviado via Auckland, Nova Zelândia, depois Sydney, Austrália e por fim a Ásia, com a carga sempre cheia de mercadorias essenciais e que reforçam a história do projeto.

Em 2021, a obra deixará a Ásia e começará a sua jornada de retorno para a casa, sendo levada pelo Canal de Suez a Hamburgo com uma escala no Mediterrâneo. Como parte das comemorações do seu 150º aniversário, a Hamburg Süd exibirá o contêiner pintado na cidade, além de detalhes sobre a sua jornada pelo mundo.

Sobre a Hamburg Süd

A Hamburg Süd é uma das dez maiores marcas de transporte de contêineres do mundo e faz parte da Maersk Line, a maior empresa de transporte marítimo de contêineres do mundo. Funcionários bem treinados em 250 escritórios espalhados por mais de 100 países garantem que os clientes recebam soluções de logística adaptadas às suas necessidades individuais. 

Fundada em 1871, a Hamburg Süd desfruta de uma presença global como uma marca de qualidade com sua subsidiária brasileira Aliança. A Hamburg Süd é uma das cinco maiores marcas reefer do mundo, está entre as líderes de mercado nos negócios Norte-Sul e atende a todas as rotas significativas do Oriente-Ocidente. Padrões de alta qualidade, serviço confiável, toque pessoal e sustentabilidade fazem parte dos valores da marca da Hamburg Süd. 




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt