terça, 23 de abril de 2024
24/05/2023 16:30

Superintendência e CLIA Brasil realizam reunião sobre o balanço da temporada de cruzeiros 2022/2023 e se organizam para próxima temporada

Encontro discutiu ainda o aprimoramento das operações com empresas de cruzeiros e demais representantes

A Superintendência do Porto de Itajaí (SPI) e a CLIA Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), responsável por atuar na regulamentação, promoção e expansão da atividade marítima no Brasil, realizaram nesta terça-feira (23), uma reunião organizada com os demais órgãos intervenientes. O encontro serviu para apresentar um balanço geral da última temporada de cruzeiros 2022/2023, e, objetivou quanto as novas perspectivas para a futura temporada de cruzeiros 2023/2024 em Itajaí.

As reuniões pós-temporada estão sendo feitas nos municípios onde foram realizadas as últimas operações e contam com a participação do Presidente Executivo da CLIA Brasil, Marco Ferraz, e os representantes das companhias Costa Cruzeiros e MSC Cruzeiros, onde também foi possível discutir o aprimoramento das operações.

“Estamos muito felizes, a última temporada de cruzeiros foi um sucesso e a ajuda do Porto de Itajaí, da prefeitura e das autoridades que estiveram envolvidas foram fundamentais. A próxima temporada 2023/2024 terá um crescimento e passará de 25 para 40 escalas. Já foi possível ver pela reunião que estamos todos comprometidos e que será uma temporada de sucesso”, esclarece Marco Ferraz.

Junto às autoridades, estiveram participando integrantes da superintendência (Diretoria Geral de Administração e Finanças, Guarda Portuária), Secretaria Municipal de Turismo, Secretaria Municipal de Saúde (Vigilância Sanitária e Departamento de Vigilância Epidemiologica), Agência de Turismo Casa do Turista, Núcleo de Policiamento Marítimo (NEPOM), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Delegacia da Capitania dos Portos (Marinha), Operadores de cruzeiros (MSC e Costa Cruzeiros), e Agência Marítima (CR).

Durante a reunião, ficou evidenciado o interesse da CLIA Brasil em obter mais destinos nas cidades vizinhas como Penha, Piçarras e São Francisco do Sul. De acordo com a CLIA, a temporada em Itajaí foi revertida para Balneário Camboriú e logo será revertida em Porto Belo, onde entraram com um pedido de escalas internacionais.

O Secretário de Turismo, Thiago Morastoni, destacou quanto as medidas tomadas até o momento e abordou sobre expectativas para a próxima temporada, relembrando ainda os resultados da última temporada de cruzeiros 2022/2023, com 25 escalas, e praticamente 80 mil passageiros que passaram por Itajaí entre embarque, desembarque e em trânsito.

“Estamos, neste momento, em uma fase transitória de organização e aperfeiçoamento dessa temporada e já temos uma previsão de aumento de pelo menos 70% no número de escalas e passageiros. Sem dúvidas, a temporada 2023 e 2024 será bem sucedida. Para a cidade, é fundamental e é uma conexão importante com países da América do Sul, especificamente Uruguai e Argentina. Então, a expectativa para a temporada é a melhor possível”, conta Thiago Morastoni.

O Porto de Itajaí é o único home port (porto de origem para armazenamento e manutenção de navios) do Sul do país. Na temporada passada, a manutenção dos navios estava sendo realizada enquanto os cruzeiros estavam atracados no cais.

“O que sempre estamos buscando é aprimorar as nossas experiências, a do poder público e a dos passageiros. E ser um homeport é importantíssimo para Itajaí. Todos querem ser terminais de cruzeiros, mas cada cidade tem a sua particularidade e é um mercado que tem espaço para todos os municípios. Itajaí sai à frente sendo homeport, tendo um Centreventos estruturado e mostrando a união entre os órgãos públicos, município de Itajaí e órgãos intervenientes. Esta união é que faz com que a temporada seja o sucesso que foi”, destaca o Diretor-Geral de Administração e Finanças, Ronaldo Camargo Souza.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt