sábado, 20 de abril de 2024
08/07/2023 10:09

Porto de Imbituba sedia 1º Fórum Catarinense do Setor Portuário

O evento reuniu cerca de 130 participantes

Quinta e sexta-feira, dias 6 e 7 de julho, o Porto de Imbituba foi palco do 1º Fórum Catarinense do Setor Portuário. O evento reuniu cerca de 130 participantes, entre eles, autoridades, gestores e lideranças de todos os seis portos e terminais presentes no estado (Imbituba, Itajaí, Itapoá, Laguna, Portonave e São Francisco do Sul), além de pesquisadores da área, em torno de uma agenda de painéis, palestras e visita técnica ao complexo portuário sede. Organizado pela UFSC, Unisul e Univali, o Fórum teve a SCPAR Porto de Imbituba dentre seus apoiadores.

O foco do encontro inédito foi promover a integração dos portos de Santa Catarina para o desenvolvimento local e nacional. A pauta incluiu exposições e debates sobre o papel dos portos no comércio exterior, situação atual dos complexos portuários, regulação do setor, chegada dos grandes navios e seu impacto na infraestrutura portuária, a perspectiva da FIESC, estratégias ESG (ambiental, social e de governança corporativa) para o setor portuário, os portos e terminais inteligentes e as oportunidades de pesquisa no setor portuário.

A visão estratégica estadual foi apresentada pelo secretário de Portos, Aeroportos e Ferrovias de Santa Catarina, Beto Martins. Em sua fala, o secretário destacou que os portos catarinenses precisam se preparar para o futuro e estão investindo em obras e projetos. “Junto ao governo federal, estamos defendendo os projetos de alargamento do canal da Baía da Babitonga, da bacia de evolução do complexo portuário de Itajaí e a recuperação do molhe de abrigo do Porto de Imbituba. Estas ações reforçam o protagonismo que o setor merece e agora tem no governo estadual”, apontou Martins.

Em seguida, a visão nacional foi discutida pelo secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Fabrizio Pierdomenico. Via transmissão online, o secretário pontuou que espera que as reivindicações catarinenses sejam contempladas no novo PAC, que será anunciado pelo governo federal.

No painel “A gestão e o desempenho dos portos catarinenses”, o diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Luís Antonio Braga Martins, apresentou os resultados operacionais e as ações e obras em execução e planejamento para o aumento da capacidade de atendimento do Porto de Imbituba. O Porto encerrou o primeiro semestre deste ano com movimentação recorde e crescimento de 6,4% na tonelagem total transportada, se comparada ao mesmo período do ano passado. Concomitante ao atendimento da demanda atual, a Autoridade Portuária trabalha nas obras de recuperação e reforço do Cais 3 e ampliação do Cais 2, no curto prazo, e em projetos estruturantes de médio e longo prazo, como o uso do costado do Cais 2 e a reforma do molhe.

Imbituba também foi tema do painel “Boas Práticas de Gestão Portuária”, com o case do Programa de Monitoramento das Baleias-francas, realizado desde 2009. As ações de observação, educação e comunicação foram apresentadas por Camila Amorim, oceanógrafa da SCPAR Porto de Imbituba, e a jornalista Géssica Silva, também desta Autoridade Portuária.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt