quarta, 24 de julho de 2024
25/08/2023 10:51

Assembleia Legislativa critica abandono de rodovias estaduais e cobra investimentos na SC-108

Deputado Napoleão Bernardes (PSD) protocolei o requerimento para inclusão de trecho SC-108 no programa Estrada Boa

A situação caótica e o abandono das rodovias estaduais no Vale Europeu viraram alvo de críticas na Assembleia Legislativa. Por meio de requerimento endereçado à Secretaria de Estado da Infraestrutura, o deputado Napoleão Bernardes (PSD) cobrou investimentos na SC-108 (Rod. Ivo Silveira), entre Gaspar e Brusque. O trecho ficou fora do programa "Estrada Boa", pacote anunciado recentemente pelo Governo do Estado, que prevê a aplicação de R$ 2,1 bilhões em obras de recuperação viária.

Paralela à BR-470 e à SC-412, a SC-108 é um importante corredor logístico de ligação entre o Alto e Médio Vale do Itajaí com o Litoral catarinense. Atualmente, o trecho da rodovia entre as cidades de Gaspar e Brusque está com o pavimento totalmente degradado e necessita de manutenção imediata.

"O programa Estrada Boa é um grande acerto do Estado, porque mais de 70% das rodovias estaduais estão em situação vergonhosa, colocando diariamente em risco a vida de milhares de pessoas. Contudo, não é razoável que este trecho da SC-108 tenha sido excluído do pacote de recuperações. Ele está um verdadeiro caos e precisa de atenção urgente! Por isso, protocolei o requerimento e farei as cobranças necessárias para que haja a inclusão dele no programa", afirma Napoleão.

Estrada Boa
O programa vai investir R$ 2,1 bilhões para restaurar, implantar e revitalizar 1,5 mil km de estradas estaduais. Segundo o Estado, 231 municípios serão beneficiados em 60 rodovias.

No Vale Europeu, o pacote incluiu quatro obras:
- Primeiro trecho do prolongamento da Via Expressa (Acesso Norte), em Blumenau;
- Restauração da SC-110, entre Jaraguá do Sul e Pomerode;
- Novo trevo da SC-486 (Rod. Antônio Heil) com a BR-101, entre Brusque e Itajaí;
- Pavimentação da SC-414, entre Luiz Alves e Blumenau.

O cronograma de conclusão prevê um prazo médio de 24 meses e máximo de 36 meses.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt