quinta, 18 de abril de 2024
06/09/2023 17:18

Porto Itapoá conquista Selo Verde da Prefeitura de Itapoá

O Terminal é uma das primeiras empresas do município a receber o selo, válido por dois anos

O Porto Itapoá recebeu o Selo Verde da Prefeitura de Itapoá, nesta segunda-feira (4/9), na sede do poder público municipal. A iniciativa, idealizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, visa promover práticas sustentáveis, reconhecendo o esforço em prol do meio ambiente por empresas da cidade. O Terminal é uma das primeiras empresas do município a conquistar o selo, que é válido por dois anos.

O diretor de Operações, Meio Ambiente e Tecnologia do Porto Itapoá, Sergni Pessoa Rosa Jr, recebeu a placa das mãos do prefeito Jeferson Garcia. “Fizemos questão de nos candidatar ao Selo Verde da Prefeitura de Itapoá, uma iniciativa muito inteligente para promover a sustentabilidade dentro do nosso município. Acreditamos que o selo vai difundir ainda mais esse tema tão importante para todos”, afirmou Rosa Jr.

O prefeito Jeferson Garcia salientou os resultados do Porto Itapoá nas questões ambientais. "É uma satisfação entregar o Certificado do Selo Verde ao Porto Itapoá. Uma empresa comprometida com o meio ambiente e com Itapoá", disse.

O Selo Verde Itapoá foi reconhecido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) em Brasília, segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Rafael Britto. “Dentre as empresas agraciadas, não tínhamos dúvidas que o Porto Itapoá atenderia todo o edital para conquistar o selo”, ressaltou.
“Sabemos de todas as práticas sustentáveis que o Porto já efetiva em seu cotidiano, porém, ficamos felizes com a importância concedida pelo terminal ao selo local. Quem ganha somos todos nós, sobretudo, o meio ambiente”, concluiu Britto.

O gerente de Meio Ambiente do Porto Itapoá, Christiano Berthier de Anhaia, lembrou dos diversos programas desenvolvidos pelo Terminal que o tornaram uma referência no setor. “Conquistamos prêmios e reconhecimentos importantes, o que nos mostra que estamos caminhando para a direção correta”.
Também estiveram presentes o, o procurador-geral do município, José Pozzer, assim como o analista de Meio Ambiente do Porto Itapoá, Lucas Benevenutti.

Aterro Zero
Referência em sustentabilidade, o Porto Itapoá passou a ser um Terminal com status “aterro zero” em 2023. Todos os resíduos sólidos gerados pela empresa - que são tradicionalmente destinados a aterros sanitários ou industriais - são agora encaminhados para reciclagem e coprocessamento.

O destaque é solução para resíduos orgânicos: uma estação de tratamento que utiliza o método de compostagem acelerada para transformar o material em adubo. Com isso, mais de 13 toneladas de resíduos orgânicos foram desviadas de aterros. “Só em 2023 geramos mais de cinco toneladas deste composto orgânico. O material é distribuído, sobretudo, para a comunidade local de Itapoá, que o aproveita como adubo para plantações e para a jardinagem”, explica o diretor de Operações, Meio Ambiente e Tecnologia do Porto Itapoá, Sergni Pessoa Rosa Jr.

A solução para o lixo orgânico do Terminal é desenvolvida pela empresa Organa Biotech e já é bastante reconhecida pelo mercado. Foi vencedora do Prêmio Supplier Day 2022, promovido pelo grupo BMW para celebrar iniciativas comprometidas com a mobilidade sustentável e responsabilidade social dentre seus fornecedores. O porto catarinense é a única empresa do setor de logística e comércio exterior a figurar entre os concorrentes na categoria sustentabilidade. “Com essa iniciativa também deixamos de emitir mais 17 toneladas de CO2 na atmosfera e evitamos o uso de mais 1.200 sacos plásticos só neste ano”, complementa Rosa Jr.

Sobre o Porto Itapoá
O Porto Itapoá iniciou suas operações em junho de 2011, sendo considerado um dos terminais mais ágeis, eficientes e sustentáveis da América Latina e um dos maiores e mais importantes do País na movimentação de cargas conteinerizadas, segundo a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ). Situado no litoral norte de Santa Catarina, o Porto Itapoá está posicionado entre as regiões mais produtivas do Brasil, contemplando importadores e exportadores de diversos segmentos empresariais.




Últimas Notícias

Notícias

© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt