segunda, 06 de dezembro de 2021
14/10/2021

4 serviços para turbinar pequenas e médias empresas


Nesta semana, foi comemorado o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa. E você sabia que as pequenas empresas representam cerca de 27% do PIB brasileiro? Além de representar 52% dos empregos com carteira assinada.

Para promover o desenvolvimento da indústria, o Sistema Indústria tem vários serviços que ajudam sobretudo pequenas e médias empresas a ganhar competitividade.

Por isso, nesta edição do Tem Solução, além de mostrar as 4 jeitos de modernizar e aproveitar o potencial dos pequenos e médios negócios brasileiros. 

Quer aumentar sua produtividade e desempenho estratégico?

O primeiro serviço é: consultoria para aumentar a competitividade

Há 19 anos, CNI e Sebrae se juntaram para criar o Programa de Apoio à Competitividade das Micro e pequenas Indústrias (Procompi). Por meio dele, são financiados projetos coletivos que desenham estratégias e modelos de negócios que aumentem a produtividade e o desempenho de setores estratégicos da indústria. O balanço parcial da 5ª edição do programa, que começou em junho de 2016 e vai até 2020, mostra que 2.277 empresas são beneficiadas por meio de 117 projetos. Conheça o programa.

Moderno e 4.0 - o caminho do mundo digital está a uma mentoria

O segundo: programa de Mentoria Digital para as empresas

Para ajudar as empresas a traçarem um caminho rumo à modernização, se ajustando a indústria 4.0, o SENAI lança o Programa de Mentoria Digital para as empresas.  A iniciativa faz parte da segunda etapa prevista no Programa Brasil Mais, uma iniciativa do Governo Federal coordenado pelo Ministério da Economia e execução do SENAI e do Sebrae. As empresas interessadas podem fazer a inscrição pelo site do Brasil Mais e optar pelo eixo melhores práticas produtivas, que é a consultoria realizada pelo SENAI.

Saber como financiar e como fazer um empréstimo é o caminho para o crescimento

O terceiro serviço é: orientação para acesso ao crédito

Financiamento é fundamental para o crescimento da indústria, mas conseguir um empréstimo pode ser complicado em função de burocracia e falta de informação sobre qual linha de crédito é mais adequada à necessidade da empresa. Por isso, a CNI e as federações estaduais de indústria criaram o Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC), que oferece capacitação financeira para as empresas, orienta sobre os tipos diferentes de financiamento e dá suporte no relacionamento entre indústrias e agentes financeiros. Acesse o portal do NAC e saiba mais.

Quer exportar? A gente te ajuda!

A última ação: preparação para exportação

A Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), coordenada pela CNI, consegue ajudar negócios de todos os estados brasileiros a traçar a melhor estratégia para conseguir exportar. Um vasto menu de serviços cobre todas as etapas que a indústria precisa passar até fechar os negócios.  Um deles é super útil para quem está começando: o Ajude Aqui. Essa consultoria gratuita, fruto de uma parceria com o Sebrae, composta por profissionais experientes na área, responde qualquer dúvida sobre comércio exterior em menos de um dia. De formação de preço, estudo de mercados potenciais, missões prospectivas e rodadas de negócios, até a emissão de certificados de origem necessários para vender a países com quem o Brasil tem acordos.

Exportar é preciso (e viável)!

Da família para o mundo, a Don Gentilis Cervejaria Artesanal foi fundada em 2017, na cidade de Pinhais-PR. Considerada uma cervejaria familiar, cada detalhe dos produtos tem uma referência. Os rótulos, por exemplo, são os rostos dos pais do cervejeiro Cadu Lopes. Além disso, as cervejas são inspiradas em estilos mais clássicos e tradicionais. Alguns inclusive, pouco explorados, como a Roggenbier.

Entre os nomes que movem a empresa, está o de Ediane Pondé de Freitas Lopes, 47 anos. A sócia ressalta o principal foco da empresa: entregar uma experiência gastronômica e única aos clientes. "Abrimos as portas aos sábados, servindo cervejas frescas direto da fonte. O próprio cervejeiro Cadu Lopes e sua família é quem recebem os visitantes. Tudo feito com muito carinho para que todos tenham uma verdadeira imersão nesse mundo incrível da cerveja artesanal", ressalta a sócia. 

As cervejaria segue, predominantemente, a escola cervejeira alemã, respeitando a lei da pureza "Reinheitsgebot", que permite utilizar na produção das cervejas apenas 4 elementos: água, malte, lúpulo e levedura. Mas, também produz  estilos das escolas americana, inglesa e belga. 

Ciente do potencial das cervejas da Don Gentillis, Ediane conta que a empresa estava pronta para levar um pouco da cervejaria brasileira para o mundo. A partir deste momento, a sócia se deparou com uma situação que nunca tinha lidado antes: como exportar?

Procurando nas redes sociais, ela encontrou o serviço do Ajude Aqui, que foi o ponto inicial para eles conseguirem enviar as amostras dos produtos para o exterior. "Eu entrei um chamado no canal e, em menos de oito horas, o consultor entrou em contato comigo para solucionar o meu problema. Eu fiquei surpresa com a resposta objetiva e rápida, além de valar muita a pena para solucionar dúvidas pontuais", conta. 

 



© Copyright 2000-2014 Editora Bittencourt